"Eletroeletrônica e Informações"
Home
Artigos

Circuitos

Arduino
Pic
Informações
ARTIGOS

GRAVADOR PARA ARDUINO STAND-ALONE

Sempre que eu desenvolvo e testo alguma aplicação no arduino, logo eu desenvolvo o circuito para utilizar chip ATmega 328(coração do Arduino) em uma placa de circuito impresso independente da placa Arduino.

Esta técnica de usar o chip fora da placa Arduino é conhecida como "Arduino Stand Alone" . Na verdade você tem duas opções: Pode simplesmente programar o chip na placa Arduino e depois retirá-lo e colocar na placa de circuito impresso do circuito que você desenvolveu ou pode usar a ideia do "Gravador" que eu desenvolvi conforme o material abaixo:

A configuração minima para o chip funcionar fora da placa Arduino é a mostrada abaixo:

aa

O led1, juntamente com o resistor R3 não são obrigatorios nos circuitos, mas são muito uteis para um teste inicial. Neste teste normalmente carregamos o "codigo do blink" que já vem nos exemplos de codigos do arduino. O botão de reset também é importante para reiniciarmos o processador do chip caso seja necessário, mas pode ser dispensado conforme o circuito em que a configuração for empregada.

O restante dos compenentes são vitais para o chip rodar sem problemas, inclusive nunca deixe de usar o capacitor de 100nF em paralelo com a alimentação, sendo montado o mais próximo possivel do chip.

Vamos ao gravador propriamente dito.

O gravador tem de fornecer a alimentação de +5Vcc e o Gnd para o chip no circuito a ser gravado e precisa ser conectado aos terminais Reset, RX e TX .

Este gravador consiste numa placa Arduino sem o chip e um cabo de 5 vias. Na extremidade deste cabo eu utilizo um conector macho DIN de 5 pinos, sendo o conector fêmea instalado na placa com o chip a ser gravado.

Pino 1 do soquete DIP(Reset) vai ao pino 1 do chip. Pino 1 do soquete DIP(Reset) vai ao pino 2 do chip. Pino 1 do soquete DIP(Reset) vai ao pino 3 do chip. Pino7 do soquete DIP(Reset) vai ao pino 7(Vcc) do chip.

Pino 8 do soquete DIP(Reset) vai ao pino 8(Gnd) do chip.

Muito simples não? Claro que as conexões devem ser feitas via conectores e terminada a gravaçao desconectamos o gravador e só vamos conectar de novo para carregar uma possivel modificação no codigo, para correção ou melhoria.

Como já disse eu usei conectores DIN (foto abaixo), mas pode ser usado qualquer outro tipo de conector com 5 pinos que não ofereça risco de inversão de ligações, que podem ser fatais para ambos os circuitos, gravador e chip a ser gravado.

Abaixo as ligações do conector:

aa

Abaixo a foto do cabo de 5 vias soldado na placa Arduino gravadora, eu utilizei um cabo de 4 vias com malha de blindagem e utilizei a malha como o quinto condutor ligada na linha GND.

aa

Abaixo a foto do conjuntomontado em uma base de material aproveitado de uma caixa de mdf comprada por R$1,99.

aa

Abaixo a montagem abrigada em uma caixa improvisada com saboneteira de acrilico transparente comprada por R$5,90.

aa

Bem isso é tudo, caso houver duvidas entrem em contato pelo e-mail

imartinsg@hotmail.com


 

 

 

 

 

Treinamento Em Arduino

Loja Virtual

Artigos   Circuitos Arduino Pic Informações